29 de jul de 2009

Apenas vivo...

Eu quero acreditar NELE!
Quero acreditar que existe mais...
do que aquele cheiro de morte... do que dias nebulosos de saudades...
Quero acreditar que o amanhã poderá ser diferente...
Mas hoje não dá...
Hoje nada me comove....nada me resgata da inércia..
nada ilumina meus olhos...
Nada me tira a indiferença impregnada na alma!
Eu quero acreditar...
Mas me escapa... não vejo razão pra isso...
Por que não me escuta?
Por que não me ajuda?
Por que me deixa no escuro?
Me tira quem eu amo
Me joga ao abismo da desilusão
me enterra sem sequer deixar eu fechar os olhos...
vejo tudo...sinto tudo...dilacerando meus ossos...
com tanta dor esmagando meu espírito
meu cérebro desliga os sentidos
agora apenas observo....
nada sinto....
vou vivendo....por viver...
não esperando nem a morte...
nem coisa alguma....
apenas vivo....

27 de jul de 2009

Segurando pelas mãos...

Ahhhh como eu quero fugir...
Desesperadamente do seu sorriso
loucamente do seu abraço quente...
Alucinadamente do seu beijo ardente...

Ahhhh como eu quero distância de andar junto ao teu corpo
sentindo seu cheiro e suas mãos no pescoço

Como eu quero correr pra bem longe...
desse sentimento que cresce...
que adentra o coração sem pedi permissão...

Como eu quero encolher-me e ficar no canto escondida
para que não me encontre...

Como tudo me assusta...
E me faz desejar coisas que não quero de verdade...

Como tenho medo... de sentir no peito...
a certeza desse sentimento recíproco e sincero ...
Como me apavora...
Ter tanta inspiração... ter tantas palavras soltas... frases prontas...
Somente porque lembro de cada instante sentindo com você...
de cada momento vivido ao teu lado...
de cada segundo mágico...

... Onde tudo parece perfeito... e não desejo nada... apenas que o tempo pare...

Eu quero não sentir... mas ele cresce e floresce...
Me engano lutando contra...
E no final não quero que vá embora...

e na briga desses sentimentos...

parece que um vencedor... luta pelo seu espaço ...
derrubando dúvidas... ultrapassando as tristezas...
empurrando as confusões...
enganando as loucuras... e congelando vazias paixões ...

Surge no horizonte...
... pequeno... insistente...

O sublime e iluminado amor ... frágil e valente...

22 de jul de 2009

Saudade de montão...

Não sei o que acontece...
e o que virá depois...
Só sei que não consigo imaginar minha vida sem nós dois...

É daqueles sentimentos raros...
que acalma o espírito....irradiando dias nebulosos e esquentando dias frios...
É daqueles sentimentos incomum...
que se pára quieto rindo sozinho...

Não sei o que acontece
o que virá amanhã ou ao final da tarde...
Só sei que no peito resta saudade.....
Invade felicidade...ao lembrar dos nossos beijos
e dos nossos poucos momentos...

Não sei o que acontece...
se a idade e a experiência chegou e me parou diante de você...
ou se foi a profecia riscada no meu destino
que finalmente se realizou...

Não sei o que me levou a te reencontrar...
O que fez nossos lábios se conhecerem...
nossos braços nos envolverem...
nossos risos nos entorpecerem...

Não sei o acontece...
Apenas sei...que desde o primeiro instante amei seu beijo....seu cheiro...
Senti o coração bater novamente...
Senti o sorriso surgir inocente...

Não sei o que acontece...
Pouco tempo passamos juntos....
Pouca cumplicidade sentimos...

Não sei...o que acontece...
Apenas sei que o nosso abraço demorado me enternece
O toque de suas mãos no meu rosto me enlouquece...

Apenas sei que...
... nos meus pensamentos...no meu coração...
só existe espaço pra sonhos...lembranças...e esperança por nós dois...

Não sei o que acontecerá...
Dias bons... Dias negros...
Não sei o que o futuro trará...
Por hoje... te desejo por mais uma vez... no meu presente... no meu agora...

20 de jul de 2009

Tempo de amar

O dia está lindo
O Sol não veio
Seus raios não cintilam
Mas o dia está lindo
Não vejo ao redor
A nebulosidade cobre toda a cidade
O frio congela os ossos
O relógio desperta
Acordo atrasado
Mas o dia continua lindo
A chuva começa
molha meu rosto
água fria e intensa
O metrô está lotado
As pessoas se amontoam
Nenhum sorriso sentido
Porém o dia continua lindo...
O trabalho está acumulado...
O chefe está chato..
Os amigos estão cansados
tudo parece longo e demorado...

Mas inegavemente o dia continua lindo...

O coração continua estontiante..
A alegria continua brilhante
O sorriso bobo não passa...
tudo desacelera...
a vida anda lenta...
os passos são leves....

O dia finda...e nada abala a sensação de calmaria...

A noite adentra... Linda e serena... e nos braços de quem amo...o sono chega devagar... sorrindo...

É tempo de amor....
É tempo de paixão....
É tempo de sentir um mundo mais brando....mais belo...mais colorido !

Amigo...

Amigo...

É aquele que...
Não mandamos bom dia...
Não mandamos mensagens....
Não dizemos até logo...até breve...até mais..

Amigo
É aquele que...
Não paga a conta....
Não devolve a blusa de frio...
Não separa e empresta qualquer livro...

Amigo
É aquele que...
Quando se está triste...
Oferece uma bebida...
Ensina dar "um ...dois"
Lança uma carreira...
E do tombo racha o bico....

Amigo
É aquele filho da puta...
Que dá tapa nas costas...
abaixa suas calças
mostra a bunda peluda...
te xinga sempre ao te vê...
Te chama de louco....bicha velha e safado...

Amigo..
É aquele cuzão...
que não lembra do seu aniversário
mas não perde a oportunidade de te encher o saco...

Amigo...
é alguém chato....pegajoso....insuportável..
que fala mentiras aos montes... e sempre inventa suas fontes...

Amigo
É assim... alguém que mostra seus defeitos....tira suas máscaras....

.... não esconde suas manias e suas loucuras e compartilha...
que te alucina o tempo todo....

Amigo....É SEM FRESCURA...SEM GUERI GUERI...SEM PUDOR ..;

É gente verdadeira MESMO CHATA, DOIDA , PSICOPATA, ALUCINADA , SAFADA, VIADA...

NÃO IMPORTA!

AMIGO É SER VERDADEIRO.... MESMO SENDO UM INSETO POR INTEIRO.

18 de jul de 2009

Versos de mim

Quero alguém que leia meus versos
Que adentre meus sonhos
Que veja meus desejos e encantos
E perceba
As poucas coisas que me faz feliz
E sorrir feito tola

Uma declaração idiota
Um rabisco no papel
Um email de bom dia
Com beijo na boca ao final
Um olhar e um sorriso
Que invada a minha alma e pare o tempo
Algumas palavras que possam dizer
O quão importante eu sou

Alguém que não desista tão fácil
Das minhas manias e crises
Das minhas idéias loucas
Com minha risada alta e minhas chatices

Alguém que aceite passear de mãos dadas comigo
A tarde com o sol iluminando nossos rostos
Num simples domingo

Alguém que me mostre o caminho
E que não tenha medo de demonstrar o quão sou amada
E viver sem mim é o seu pior desafio

Se isso eu não encontrar
Fico assim do jeito que estou
Sozinha com minhas palavras

Sim quero contos de fadas
Flores sem motivo
Beijo longo e apaixonado
Bombons sortidos
Quero toda a fantasia de um amor verdadeiramente por mim enlouquecido...

..Ao vagar pela minha jornada
Eu descobrir que isso realmente não existe
Me apegarei ao meu lápis, minhas folhas brancas
Aos meus delírios de mulher eterna menina...

Onde tudo é real... apaixonante e possível...
E findarei nestas páginas mágicas... meus dias...

16 de jul de 2009

Sonho morto

Ás vezes tenho medo do que sonho...
Porque infiltra o meu espírito e me faz olhar o dia colorido..alegre...divertido...
Eu deveria gostar...
Mas isso logo vai passar...
A cortina se fecha...
Fica o imenso vazio...
A estrela principal...mocinho... vira vilão...
De um momento para o outro tudo fica escuro...
As cenas se repetem...
Não é um filme novo...
É o mesmo roteiro...
Com um novo elenco.... mas as mesmas falas...os mesmos vacilos....
os mesmos desencontros...as mesmas mentiras...
e no final é sempre a mesma dor...
Imensurável dor....

Fico repetindo as cenas.... pra aprender cada ato... e não deixar que as nuvens cinzas
que protegem meu inocente coração se dissipar...

Coloco inúmeras vezes... o filme....com novos atores...novas lugares...
Mas é tudo a mesma farsa...

Não irei me enganar...

As lágrimas... agora são preguiçosas...caem uma a uma.... não jorram em meu rosto...

Invade a tristeza....por eu ter fraquejado e permitido esse sonho de menina acontecer....

O sonho tem que morrer... ficar no abismo ... preso... sem chance alguma de vir a tona...

Daqui a pouco
O show de horror que passa diante da minha tela...
Se findará....

....E com o filme repetido e ridículo....este sonho tolo.... nunca mais se repetirá!

4 de jul de 2009

Me canso!

Me canso...as vezes de ser forte
de não poder chorar...de aguentar tapa nas costas...
....de sorrir vendo alguém que gosto nos braços de outro
Me canso... de ser valente...
de aguentar a vida nos ombros...
As vezes...
Eu só queria um lugar quente e confortável pra escorar...
Sentar e ficar quietinha ...
Eu só queria um toque afável....
Um abraço gentil apertado
Eu só queria um beijo no canto dos lábios...
palavras ao pé do meu ouvido em tom de sussurro...
espantando toda a minha rispidez...
minha descrença com tudo...

Me canso as vezes....
de esconder-me neste mundo...
queria que ele emergisse....
fosse parte de mim... não dos meus delírios..

Eu só queria um momento de menina carente...
de poder ser frágil e consolada....
Sentindo um calor inundado de carinho...

Eu só queria não ter medo de tudo isso sentir...
de mostrar realmente meus desejos e anseios...
Minha paixão e minha poesia...
E não ter que falar com palavras...
Apenas mostrar com o olhar...

Me canso as vezes....de explicar quem eu sou..
de mostrar o que quero...
de amenizar minha loucura...

Me canso...de usar essa máscara...
que já não sei mais se algum dia.... conseguiria separá-la do que sou de verdade...

...talvez... meu eu...puro, meigo...calmo... sereno...doce ...
.....deva ficar preso pra sempre no mais obscuro e solitário abismo!

Chega uma hora....

Chega uma hora que tudo fica tão vago
as brincadeiras e bagunças com os amigos
os finais de semanas com a família
as viagens loucas e sem limites
os dias intermináveis
as baladas enlouquentes
os beijos descompromissados
os abraços alucinados
as noites longas e quentes
o barulho do mundo e de gente
Chega uma hora que tudo silencia
falta algo
tudo fica inerte
Chega uma hora que o sentido se perde
falta algo no peito
falta algo na alma
Chega uma hora ... que eu não sei se é agora...
Que as mais insanas aventuras
os mais saborosos drinques
as mais deliciosas comidas
não saciam nem o corpo
Chega uma hora.... que não há mais esperança
não há mais vontade de badalar pelo mundo...
de subir no palco da vida...
de dançar até o dia clarear...
Chega uma hora...
que o peito vazio chora
que a alma sozinha se acanha
e nenhum barulho do universo lhe tira da solidão
Chega uma hora...
que o inevitável é pedido
que o repulsivo é sonhado
que alguém é desejado
que o amor recíproco é almejado...
Chega uma hora...
Que o corpo grita
que alma enlouquece...
que o vazio entorpece....

Chega uma hora finalmente....de ....preencher o vazio.... com a sua outra metade....