8 de jun de 2011

Quarto mágico



Abro os olhos diante de um mundo repleto de idéias, de sonhos, de poesias
Trazendo o mais intenso sorriso, meigo sem pressa só meu
Não quero fechar os olhos
Quero permanecer quieta sem questionar nem deixar a calmaria me adormecer
Ficar assim olhando aquele rosto encantador
Um rosto macio de cetim
Sorrio feito bobo acariciando cada pedacinho desse ser maravilhoso
A gargalhada vem ecoando todo o quarto

A luz adentra o ambiente iluminando o amor achado
As mãos se entrelaçam

O olhar no olhar profundo que invade a alma
mostrando um elo gigante e tão fácil de alcançar

O coração bate maroto, envolvido um no outro
No mesmo compasso, no mesmo ritmo
Deslumbrado e extasiado por tão enlouquente sintonia

O desejo orvalha nos lábios perfeição jamais sentida
O toque sutil, viril na pele, na boca, nos dedos, nos cabelos, perpetua o encontro dos anjos

Resplandece por completo o sonho real
Sentir sem demora, sem proibidos, faz explodir no peito
A maior essência existencial
A certeza de estar vivendo um amor sincero...

Nenhum comentário: