24 de mai de 2011

Um daqueles sonhos...



Você foi um daqueles sonhos

Que se tem de olhos abertos

Que adentra o peito

Sufoca a alma

E mostra a vida após a morte

Um daqueles sonhos

Que mostra o paraíso

Acalmando o ser

Dando a certeza de um novo amanhecer

Depois da intensa escuridão

Da dor... e da solidão

Um daqueles sonhos

Inexplicáveis

Que toca o espírito

Pára o universo

Gira o corpo

Envolto do mais belo sentimento

O amor

Intenso e avassalador

Um daqueles sonhos

Breves e eterno

Que leva o tempo

Mais não apaga qualquer momento

Que tira o sono

Que entristece de repente o sorriso

Um daqueles sonhos

Que acontece repleto de magia

Onde as palavras não falam

Onde o olhar tem muito a dizer

E o toque afável e mutuo

Paralisa todo o ser

Um daqueles sonhos

Que não se deve acordar

E continuar a viver

Lutando a cada segundo

Um dia... Esquecer

Um daqueles sonhos

Que sonhando... Dever-se-ia morrer...

3 comentários:

Ahtange Ferreira disse...

Lindo e descreve exatamente o que sinto neste momento.
Bjos!

Alexandre disse...

bom dia Regiane tudo bem, meu nome é alexandre estou passando p/ faser uma vizitinha em seu blog, parabéns muito legal seu blog, a proveito p/ convidar vc a conhecer e seguir o meu blog, o endereço é: friendlegal.blogspot.com , aguardo sua visita tá, boa semana beijuss.

BLOG DO PROFEX disse...

Que lindo sonho, impregnado de nostalgia. Literalomnte impregnado.
Abraços.
(Queria segui-la, mas seu blog como o meu, está com problemas no gadget de seguidores...)