25 de mai de 2010

Sem ar...



Como eu queria....
que a tristeza que adentra minha alma
fosse a falta de um amor novo
Como eu queria...
que ter alguém no meu mundo
fosse a minha nunca ausência de vida
Como eu queria....
que fosse só isso
que me tira o sentindo
que me confunde os dias
que me entorpece o espírito
que afunda meu ser
num lamaçal de desânimo
e eu não quero mais sair
debater por continuar
caminhando por essa estrada
larga e vazia
Como eu queria...
que coisas simples do cotidiano
ônibus cheio... metrô lotado
ruas esburacadas
trânsito lento....
me importunassem a vida
me tirasse a alegria
mas não é isso...
não é isso
que condensa o meu ser
esmaga meu viver
não é isso ...que me tira... a coragem
não é isso...
Um dia quem sabe...
saberei... o que é...
Só sei por enquanto... o que não é...

Nenhum comentário: