27 de jan de 2010

É melhor assim...

Não consegui dormir
Eu não quero sentir
Repito e insisto
Meu coração não abre espaço
Por favor, não vem
Deixe as coisas assim
Você do outro lado da tela
Eu aqui
Deixe a distância levar para longe
O que não houve
Assim fica mais fácil aceitar
Como nos dissemos
Tudo um dia sempre passa
Vai embora...
Escoa para longe
E tão logo tudo que nos prometemos
Mesmo em pensamento
É esquecido...
O barco continua ancorado
A vida estagna seu curso
Com sentimentos moderados
Paixão contida
Num único mundo
E o cinza retorna
É mais fácil
Do que navegar sob os movimentos incontroláveis do mar
Das tempestades imprevisíveis reluzentes lá no céu...
Até mesmo de dias de bonança com o Sol no alto...
É melhor assim...
Do que enfrentar... o oceano indomável chamado amor...

Nenhum comentário: