13 de jun de 2009

Carente

Hoje meu coração está carente
se esconde no canto do peito
se encolhe como bebê perdido
não se move
sente frio
não me permito pensar no que já foi vivido
isso o destrói
não quero lágrimas à noite
não quero sentir saudades
não quero desejar retorno de coisas que não valeram
só pra ele não sentir tão só
Não vou ouvi-lo clamar amor
não vou deixá-lo desejar quem o magoou
não quero lembranças na mente
de poucos momentos bons
o final é sempre trágico
são sempre coisas deprimentes...
são sempre os episódios de tristezas intermináveis
e no final sempre ...são os mesmos erros imperdoáveis...
Ele... Vai chorar dor

Não vou deixar nada vir á tona
O tempo passou
sozinho estamos...porque é assim que deve ser
Não deixarei nada submergir
Não quero mais meu coração em pedaços
É comigo apenas que ele vai viver...sem lembranças...sem remorsos
sem esperanças...sem sentimento algum....
apenas...
Eu e ele... Juntos...
Em nosso próprio mundo...

Nenhum comentário: