27 de nov de 2007

INSISTO !

Já pensei demasiadamente em formas de tê-lo novamente
Já fiz diversas promessas
Na segunda, na terça, na quinta até na sexta
Qualquer coisa para te reconquistar
De qualquer maneira
Tudo me soa na verdade ilusão
Porque meu coração
Não entende que você não vai mais voltar?
Que não sabe mais quem eu sou?
Que passa por mim
E fala oi por hábito do dia?
Os beijos sem medidas
Não são mais lembranças suas
E jaz quase um ano que tudo se foi
Por que insisto em te querer aqui?
Insisto em saber de ti?
Insisto em esperar
Não vai mais voltar
Não existe mais aquela conexão
Perdeu-se a sintonia
Queria lhe cumprimentar pela data de hoje
Desejar-lhe um belo aniversário
Desejar-lhe que conquiste todos seus sonhos
Desejar-lhe um sorriso sincero
Dizer que ainda te espero
Por que insisto em pensar assim?
Já faz tempo que não somos os mesmos
Já faz tempo que um novo amor você viveu
E por ele sofreu
Já faz tempo que de tudo um pouco eu conheci
Mas nada me surpreendeu
Como você
Nos breves encontros
Nos breves momentos
Nada te substituiu neste longo tempo
Aqui... No meu intimo e reservado peito...

Nenhum comentário: